INNOLIVA resiste a seca graças aos seus "campos inteligentes"

A tecnologia é o grande aliado da empresa navarra em economizar água

Madrid, 18 de fevereiro de 2016.

Até 60% do petróleo produzido pela Espanha é exportado para o mercado internacional. No entanto, nesta época a colheita não foi grande, o que põe em perigo a remessa espanhola. Além disso, a seca preocupa o setor, que teme que no próximo ano a colheita não seja muito melhor. A Innoliva, graças ao seu “Campo Inteligente”, é capaz de controlar a irrigação de seus 10 milhões de oliveiras, por isso, além de trabalhar em favor do meio ambiente, goza de uma grande capacidade para resistir à escassez de água.

Innoliva, na busca contínua de uma melhoria na sustentabilidade, tanto no cuidado da oliveira quanto na sua fruta e na produção de azeite extra virgem de excelente qualidade, analisa e desenvolve, de forma constante, estratégias de inovação e desenvolvimento.

Em 2009, a empresa navarra iniciou o projeto “Campo Inteligente” para melhorar a gestão da irrigação no olival, na qual optou por monitorar a resposta da planta à água fornecida.

As plantações Innoliva, projetadas sob o protocolo do referido projeto, consistem em um sistema de irrigação por gotejamento, onde a tecnologia mais avançada controla os mais de 5.000 hectares que compõem a plantação.

Desta forma, a informatização dos sistemas garante que cada árvore recebe exatamente a quantidade de água que precisa.

Além dos benefícios ambientais que isso gera, a Innoliva é capaz de economizar uma grande quantidade de água, o que também dá à empresa uma enorme capacidade para resistir à seca.

Sobre Innoliva

A empresa, que tem sede em Pamplona (Espanha), possui mais de 5.000 hectares de olivais irrigados, localizados em Espanha e em Portugal, onde o clima mediterrâneo dá ao olival o ambiente ideal para o desenvolvimento e amadurecimento da fruta; e favorece a obtenção de Óleos de Oliveira Extra Virgem com excelentes qualidades sensoriais.

Com o seu sistema de produção, garantem a rastreabilidade integral de todo o processo: da oliveira ao cliente final.

Eles fazem o seu óleo de oliva extra virgem frio no menor tempo possível a partir da entrada da azeitona no moinho de óleo. E eles cuidam do óleo já produzido para manter suas excelentes qualidades sensoriais e saudáveis ​​o maior tempo possível.